terça-feira, 28 de setembro de 2010

ALGUMAS PALAVRAS

Quem estranha o som
trazido pelo vento: madrugada
pródiga em silêncios

fugaz instante
de recordações
e tristezas
em recado ungido
ao som que atravessa
a rua, destranca
portas, descerra janelas

o grito revisa a hora
em que a morte
traz o cruel
recado: palavra.

(Pedro Du Bois, ALGUMAS PALAVRAS)

Um comentário:

  1. Caro poeta Pedro,só tenho uma palavra:"Lindo"!
    Mais um. :)

    Um abraço

    ResponderExcluir