segunda-feira, 24 de abril de 2017

MONOTONIA

No instinto o corpo salta
e leva a esperança
que estraga a surpresa
do chegar silencioso

todos sabem
o medo de quem salta

o instinto busca sobreviver
mais um dia entre tantos
em mãos ligeiras
     e pernas ágeis
na monótona rotina
antes que a bala alcance
ou que outros o peguem

todos sabem o medo
de quem não salta.

(Pedro Du Bois, inédito)

sábado, 22 de abril de 2017

CURRÍCULO

Mede a distância
traça trajetórias
esbarra

milimetricamente
calculo o ângulo
derruba

fecha o olho
alça a mira
erra

avalia o salto
retesa os músculos
embala as pernas
tropeça.

(Pedro Du Bois, inédito)

quinta-feira, 20 de abril de 2017

QUEM ESPERA

Na espera deformo a realidade
em que parte reflete novas imagens
e outra antecipa angústias

deveria estar acostumado
pois cada espera cria suas expectativas
ao aumentar e
                   ou retornar velhos fantasmas

razão para não ter chegado
nem abreviado o tempo necessário
                                 suficiente
                                 e raso para novas esperas

na espera encontro a outra imagem: vozes
sussurram alvíssaras em coros fracassados

na tentativa do equilíbrio
a espera traduz a sensação
de passar por baixo da escada.

(Pedro Du Bois, inédito)

terça-feira, 18 de abril de 2017

ACASO

Nada acontece por acaso
pode acontecer por descaso

ou nem acontecer

não há outro sentido
além da vontade

no realizar os instintos
desenvolvidos no sentido
que nos enlouquece
ao pensar que algo
acontece por mero acaso.

(Pedro Du Bois, inédito)


domingo, 16 de abril de 2017

FUTURO

futuro despreocupado
em presente favorável
de financiamentos facilitados
teatros com atores televisivos
televisão de modelos atuantes
modelos com pouco estudo
mas com presença
                charme
        e disponibilidade

futuro despreocupado
no presente em músicas
                    rap
                    hop
                    bop
                    tecno e tal
                    comercializadas
         em bailes apresentados
        de cristos representados
        nas comissões recolhidas

futuro despreocupado: não
               há preocupação
pelo (ainda) inexistente

(Pedro Du Bois, inédito)

sábado, 15 de abril de 2017

MEDROSOS

Medrosos são difíceis de morrer
                                      e de matar
                  (não cometem suicídio)

não são cortados na primeira dispensa
nem assaltados em ruas escuras
        atropelados ao atravessarem as ruas
        roubados na manipulação financeira
        esfolados na queda abrupta do dólar

não se resfriam
não são viróticos
não sofrem de cirrose
nem ficam em overdoses

medrosos são nossas defesas
ao equilibrar as balanças
e evitar a radicalização
             nas pesquisas

(só) morrem quando o medo
transborda seus potes de defesa.

(Pedro Du Bois, inédito)
     

quinta-feira, 13 de abril de 2017

LUZ DO SOL

Houve o primeiro dia
em que o homem
percebeu a luz do Sol

houve a primeira noite
em que o homem
notou faltar a luz do Sol

o homem percebeu além
do ser errante pelas pradarias

percebeu haver o Planeta.

(Pedro Du Bois, inédito)

terça-feira, 11 de abril de 2017

PALAVRAS

Gasto palavras presentes
no que me representam

não me recrimino pelo dito
passado: não o faço voltar

não guardo palavras futuras
poderão ser tempos de calar

palavras presas na raiva
inerte das autoridades
secas entre (des)iguais

gasto palavras
não repito termos
      abuso verbos
      parcimonioso adjetivo
      fujo advérbios.

(Pedro Du Bois, inédito)

domingo, 9 de abril de 2017

OUTRAS ESPERAS

                                           para Thereza

Ampliada espera
em angustiados
pensamentos. Quanto
tempo o verde aguarda
antes amadureçam
frutos recorrentes.

Rasgado tempo
de enviesada espera.
Sempre há quem saia
além de quem volta.

Avista: prerrogativa etérea
de quem olha em frente.
Toda demora predispõe
                        esperas.

Tantas esperas
poucas angústias
encerram.

(Pedro Du Bois, inédito)

sexta-feira, 7 de abril de 2017

DORES

dizer que tantos
falam na purificação do espírito
pela dor

dizer que carregam
o sofrimento do mundo
pela dor

dizer que sofrem
os pecados alheios
pela dor

e não dizer
da estupidez do corpo
sofrido - apenas - pela dor
consentida

(Pedro Du Bois, inédito)

quarta-feira, 5 de abril de 2017

ESPERAR

A angústia amplifica
o tempo de espera

o tempo multiplica
a angústia na espera

a espera torna infinita
a angústia temporal

indeléveis
marcas da paixão.

(Pedro Du Bois, inédito)

segunda-feira, 3 de abril de 2017

ATIVIDADES

Verifico as horas faltantes
           para terminar o dia

não são tantas
      são tontas
      como as anteriores

              horas perdidas
              em comprar comida
                    preparar comida
                                  comer

vejo as horas restantes
do dia

              lavo os pratos.

(Pedro Du Bois, inédito)