quinta-feira, 4 de novembro de 2010

A ÁRVORE PELA RAIZ

Tem a seiva
alimento
a formiga presente
o cupim ausente
o sentimento da criança
posto em frutos
e amadurecimentos:
sobre o despencar da fruta
repete: ao pé
da árvore
permanece.

(Pedro Du Bois, a Árvore pela Raiz, 5, Edição do Autor)

5 comentários:

  1. pé ante pé, sussuro: uma folha cai.
    q lindo,Pedro.

    ResponderExcluir
  2. Fantástico, Pedro! Abraços e um lindíssimo final de semana...

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo, Pedro!

    A seiva - alimento, a criança e o fruto ali permanente!

    Parabéns, poeta!

    Mirze

    ResponderExcluir
  4. Caríssimas, gosto muito dessa série d'A Árvore pela Raiz, construída sobre as possibilidades inerentes a irmos além do que vemos na superfície e nos atermos (atarmos?) às raízes. Grato pelas leituras e retornos. Abraços e bom final de semana. Pedro.

    ResponderExcluir