domingo, 30 de maio de 2010

O NOME

De todas as formas
o nome
é o significado
do entendimento

vezes mágico na atemporalidade
da surpresa acontecida

no tempo certo: o que se registra
como nome ou suspiro

no que me diz respeito
como âncora e ânfora
destampada exalando
o perfume reconhecível
do que não compreendo

nomes são segredos
antecipados aos poucos
refeitos dos seus apropriados
apelidos e alcunhas.

(Pedro Du Bois, AS PESSOAS NOMINADAS)

Um comentário:

  1. Nomes são histórias, embaladas por teus versos!

    Que bom poema, Pedro.

    Abraços.

    ResponderExcluir