domingo, 24 de novembro de 2013

FEITOS


Feito aço: a lâmina assusta
o corpo indefeso.

O olhar perdido em divagação
ao remoer o espaço

zune a lâmina atravessada
na distância do corpo trespassado.

Feito espaço: o aço é remetida
                       vida em cansaço.

(Pedro Du Bois, inédito)

2 comentários:

  1. aço, casaço, espaço/distâncias... vida...

    Lindo poema.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Grato, Tânia, por sua leitura e retorno. Abraços, Pedro.

    ResponderExcluir