quinta-feira, 26 de maio de 2011

LEITURAS

Quero a leitura
de palavras ocas
significando menos
que o necessário: literário
esboço da história 
mesmerizada em ritos
e passagens: deficiência
inerente ao definitivo dos olhos
sobre o papel em branco.

A literalidade da desavença
na mensagem declamada
em ódio e guerra.

Alvo da leitura
quero a obrigatoriedade 
do entendimento da poesia 
em prosa e verso

            na descoberta vazia
            das entrelinhas.


(Pedro Du Bois, inédito)

2 comentários:

  1. Lindo de se ler...e ouvir.

    Um abraço, poeta Pedro.

    ResponderExcluir
  2. Grato, Lau. Bom final de semana para vocês. Abraços, Pedro.

    ResponderExcluir