segunda-feira, 16 de julho de 2012

ESTILO

Preso ao estilo
    flutuo palavras
 afogo lágrimas
        inundo campos
destruo paisagens

retorno ao leito
onde meu corpo exausto
coberto em extremos
sucumbe ao som
submerso de estilos
e vontades: livre do estilo
                   me conforto.

(Pedro Du Bois, inédito)

2 comentários:

  1. O teu estilo?
    A boa e profunda poesia.

    Sempre um prazer te ler

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Amigo Filipe, bom ter sua sempre leitura. Abraços, Pedro.

    ResponderExcluir