quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

MÃO

A mão do menino
movimenta a água

concêntricas ondas
se afastam

seus olhos buscam as ondas
onde barcos vão embora
de sua vista

sua mão aquieta a água
e os barcos aguardam
a sua vida.

(Pedro Du Bois, AS MÃOS EM CENA)

2 comentários:

  1. bom de sempre, poeta.

    clap, clap x 34!

    brax!

    ResponderExcluir
  2. pedro,

    a imagem é belíssima!

    que o destino faça crescer o menino para dar vida aos barcos que o aguardam.

    grande abraço!

    ResponderExcluir